Variáveis

Variáveis são as características dos itens que estamos pesquisando. Por exemplo:
Numa escola, podemos realizar uma pesquisa com nossos alunos a respeito de sua idade, peso, altura, número de irmãos, sexo, se ele fuma ou não, cor do cabelo, esporte favorito.
Numa fábrica de carros, podemos querer realizar uma pesquisa a respeito de seus clientes, com relação a algumas características do veículo preferido: tipo de combustível, cor do carro, potência do motor, tamanho, etc.
Todas essas características mencionadas são variáveis.

Tipos de variáveis

As variáveis podem ser classificadas em qualitativas e quantitativas.
CLASSIFICAÇÃO DEFINIÇÃO EXEMPLO
QUANTITATIVOS
Números que representam contagens ou medidas.
As idades em anos, peso em kg.
QUALITATIVOS
Nomes ou rótulos que não são números que representam contagens ou medidas.
Estados da Região Nordeste do Brasil; Classificação da estatura de uma pessoa em alta, média ou baixa.

Variáveis quantitativas

As variáveis quantitativas (são as variáveis numéricas) podem ser divididas em discretas e contínuas. De forma mais genérica, as variáveis quantitativas discretas assumem valores em geral inteiros. Exemplos:
Quantidade de irmãos: 2, 3, 4.
Quantidade de filhos: 0, 2, 5.
Número de peças defeituosas numa produção: 12, 15, 20.
Já as variáveis quantitativas contínuas assumem valores em intervalos dos números reais e, geralmente, oriundos de uma medição. Exemplo: altura de uma pessoa (163 cm, 174 cm) ou peso (45,4 Kg; 53 Kg).
CLASSIFICAÇÃO DEFINIÇÃO EXEMPLO
DADOS DISCRETOS
Valores exatos
Número de ovos que uma galinha bota dentro um período.
DADOS CONTÍNUOS
Qualquer valor entre dois limites
Questões que envolvem renda, gasto, vendas, faturamento, dentre outras, que podem assumir qualquer valor em um intervalo contínuo.

Escalas de medidas

Existem diversos níveis de mensuração das variáveis. Esses níveis de mensuração são denominados escalas de medida. A escala na qual uma variável é medida tem implicações na forma como os dados são apresentados e resumidos e nas técnicas estatísticas utilizadas para analisá-los.
As escalas de medida são: escala nominal, escala ordinal, escala intervalar e escala de razão.

Escala nominal

Essa é a escala de medição mais simples. Nessa escala, os valores da variável são categorias mutuamente exclusivas e exaustivas. As categorias não possuem uma ordem.
Ex: religião, tipo sanguíneo, nacionalidade.
Variáveis medidas na escala nominal são denominadas variáveis categóricas nominais. Em geral essas variáveis são descritas por meio do percentual de cada um dos seus valores possíveis e visualizadas graficamente por meio de diagramas de barras ou diagramas de setores.

Escala ordinal

Nessa escala, os valores das variáveis são também categorias como nas variáveis nominais, mas essas categorias podem ser ordenadas de acordo com algum critério.
Ex: escolaridade (quando medida pelas categorias fundamental, médio e superior), estádio de câncer (0, I, II, III, IV).
A diferença entre as duas categorias adjacentes não é a mesma ao longo da escala. Assim não se pode afirmar que a variação de gravidade do estádio de câncer I para o II é a mesma do estádio II para o III ou do III para o IV.
Variáveis medidas na escala ordinal são denominadas variáveis categóricas ordinais. Em geral essas variáveis são descritas por meio do percentual de cada um dos seus valores possíveis e visualizadas graficamente por meio de diagramas de barras ou diagramas de setores.
Para dados ordinais, alguns cálculos numéricos são possíveis, mas devemos ter cuidado como usá-los e interpretá-los. Um exemplo é a Escala Likert, que se organiza da seguinte maneira:
1 – excelente
2 – muito boa
3 – boa
4 – razoável
5 – ruim
Nesse caso, eu poderia tratar essa escala ordinal como uma variável numérica e tirar a média deste.

Escala intervalar

A escala intervalar é uma escala numérica. Elas determinam o intervalo entre dois pontos analisados. A mesma diferença entre dois valores possui o mesmo significado ao longo da escala. Por exemplo, a temperatura. Quando temos 0ºC não significa que não temos temperatura, apenas um tipo de temperatura.
Nesse tipo de escala, não existe um “ponto inicial” e não existe o conceito de zero absoluto.

Escala de razão

A escala de razão é uma escala numérica que possui um zero absoluto, o que significa que não há valor numérico negativo. O zero significa “falta de” e podemos fazer cálculos com razão que façam sentido.
Mas como diferenciar uma escala de intervalo de uma escala de razão?
Escala de razão: Uma renda de R$ 0,00 significa falta de renda, e sabemos que R$ 2.000,00 é o dobro de uma renda de R$ 1.000,00
Escala de intervalo: Temperatura de 0ºC não significa falta de temperatura, e 40ºC não significa o dobro de calor que 20ºC.

Resumindo escalas de medidas

CLASSIFICAÇÃO DEFINIÇÃO EXEMPLO
Escala nominal
Atributos e qualidades
Sexo, raça, tipo sangíneo
Escala ordinal
Classificamos através de tamanho e ordem
Tamanho (Pequeno, Médio, Grande), Classe Social (Baixa, Média, Alta).
Escala intervalar
Escala numérica que não apresenta zero absoluto
Temperatura, horário do dia
Escala de razão
Escala numérica que apresenta zero absoluto, significando a “falta de”
Renda familiar, preço de uma casa

Referências

Fletcher RH FS. Clinical Epidemiology: essential elements. 4a edição. Porto Alegre: Artmed; 2006.
ARA, A. B.; MUSETTI, A. V.; SCHNEIDERMAN, B. Introdução à estatística . São Paulo, Editora Blucher; Instituto Mauá de Tecnologia, 2003.

Espero ter ajudado! Leia também nosso texto sobre p-valor. E comente aqui abaixo o que você achou para eu saber. 

Prof. Fernanda Maciel

Prof. Fernanda Maciel

Professora de Business Analytics na California State University

Inscreva-se na lista de e-mails da Prof. Fernanda Maciel e receba os próximos textos do blog.

© 2021 Prof. Fernanda Maciel

contato@proffernandamaciel.com